O mundo da Física é realmente surpreendente. Através dela, é possível explicar o universo e entender coisas que sequer imaginávamos momentos atrás. Recentemente, a atenção do mundo se voltou à Teoria das Cordas e tem revolucionado a maneira com que a Física moderna vê o mundo.

Simulação realizada no LHC

Para testar estas teorias, os físicos da Suíça e França criaram o LHC – Large Hadron Collider (ou Grande Colisor de Hádrons, em Português). O equipamento está em funcionamento desde 2008 e seu objetivo é a aceleração de partículas, mais especificamente os prótons.

Dentro do LHC, a colisão das partículas criaria um ambiente como o espaço e, desta forma, seria possível estudar os fenômenos como ocorrem em órbita.

É fato que atualmente a Física que estudamos no ensino médio não cobre as informações mais avançadas e portanto não compreendemos o universo da maneira que deveríamos.

O objetivo final do LHC é nos ajudar a desvendar os mistérios que ainda não conseguimos explicar, e supostamente criar uma Teoria de Tudo, que explicasse do que é feita a matéria, fenômenos do eletromagnetismo.

Contradições

Há uma petição correndo no estado americano do Havaí para solicitar a desativação do LHC, pois cientistas alegam que o colisor poderia causar uma catástrofe de dimensões globais, criando um buraco negro que destruiria a terra. As acusações, são infundadas segundo teóricos de alta reputação como Stephen Hawking e Lisa Handall, pois o Colisor foi construído após anos de estudo justamente para evitar qualquer dano à massa terrestre.

De qualquer maneira, o LHC segue em funcionamento diariamente, com custos anuais de 1,8 bilhões de euros.

 

DEIXA UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui